COMUNIDADE EMAÚS

A Comunidade de Vida e Aliança Emaús tem como carisma ser a presença Viva do CRISTO Ressuscitado. Uma comunidade de consagrados no coração de Jesus Eucarístico para a Igreja: leigos, celibatários e casais que oferecem suas vidas a Deus.

Um Chamado de Deus

Sabe-se pela história que Dom Bosco, pioneiro na criação de obras sociais voltadas para o serviço e a promoção de adolescentes e jovens, no início de seus oratórios e oficinas (assim eram chamadas as casas de Dom Bosco), enfrentou muitas dificuldades para colocá-las em funcionamento, tendo de experimentar sucessivas fórmulas para que elas funcionassem conforme aquilo que tinha em seu coração. Isto ele conseguiu, somente associando ao seu ideal outros que abraçaram a mesma vocação: religiosos que inteiramente a serviço do carisma de Dom Bosco se dedicavam aos adolescentes e jovens nos oratórios e oficinas que surgiam por toda parte. Assim nasceu a Congregação religiosa dos Salesianos.

Também nós, espelhando-nos em Dom Bosco, procuramos desde o início da Casa de Guadalupe, associar aos nossos trabalhos outros que estivessem conosco não apenas por uma questão de necessidade profissional, mas por vocação, ou seja, por amor, sentindo-se chamados por Deus para amar e servir aos mais pobres. Assim nasceu a inspiração para o carisma Emaús (Lc 24,13-35).

Toda a proposta da Comunidade Emaús está marcada por uma mística fundamental: aproximar, caminhar e revelar a cada pessoa que esteja desanimada, desorientada, vivendo uma vida “sem rumo”, e “sem sentido” a presença viva do Cristo ressuscitado. A mística da Comunidade está assentada sobre o tripé:

PALAVRA, EUCARISTIA E MISSÃO

Palavra

“Alimentar-se da Palavra, para sermos servos da Palavra no trabalho de evangelização”. A Comunidade será para todos os seus membros, antes de tudo, uma escola da Palavra tendo como modelo e referência ideal a própria convivência de Jesus

com o grupo dos apóstolos e discípulos. A familiaridade

e a intimidade com a Palavra proporcionará aos membros

da Comunidade a mesma experiência vivida pelos dois

discípulos de Emaús:

“Não ardia o nosso coração

quando Ele nos falava pelo caminho,

quando nos explicava

as Escrituras?”

Eucaristia

"A Eucaristia faz a Igreja” para amar, para que ela seja, concretamente, diretamente, sinal do amor de Deus no mundo. “A Igreja faz a Eucaristia” todas as vezes quevluta a favor da vida, em que se coloca solidária e fraternalmente ao lado dos pobres, excluídos para dar pão, para ensiná-los a conseguir o pão de cada dia. Sempre que celebramos a Eucaristia podemos de certo modo reviver a experiência dos dois discípulos de Emaús: “Abriram-se lhes os olhos e reconheceram-no”.

Sendo a Eucaristia a fonte de todos eles é o próprio Cristo que leva a todos a uma experiência íntima e transformadora do amor e misericórdia do Pai no Espírito Santo que dá um novo sentido às suas vidas.

“Abriram-se lhes os olhos e reconheceram-no”.

Jesus ressuscitado levou para a estrada e caminhou, durante dez anos, com estes seus discípulos da “Comunidade Emaús”.

Depois de terem reconhecido o Senhor, os dois discípulos

de Emaús, “partiram sem demora” para comunicar aos demais

discípulos àquilo que tinham visto e ouvido. Como dizia o Papa

São João Paulo II “quando se faz verdadeira experiência do

Ressuscitado, nutrindo-se do seu corpo e do seu sangue, não se pode

ter apenas para si a alegria provada. O encontro com Cristo suscita na Igreja e em cada cristão a urgência de testemunhar e evangelizar”. Assim sendo, toda a ação evangelizadora e missionária de nossa Comunidade, tem como ponto de partida uma experiência pessoal e profunda do Cristo na Eucaristia.

Missão

~

Ficai conosco, Senhor

Conversou muito com eles e em profundidade. Mostrou que ama muito os pobres a ponto de se identificar com eles. O coração dos discípulos ardeu e vibrou de entusiasmo e amor generoso.

Puseram-se a manifestar amor concreto aos mendigos, dependentes, jovens e adultos carentes e descobriram nesses irmãos o rosto desfigurado de Jesus. “Ficai conosco, Senhor”, é o que pediam sempre.

O Senhor Ressuscitado atendeu com carinho.

Ele está sempre com a Comunidade, bem visível, todo o tempo que ela souber contemplar o seu rosto.

E a bela “Comunidade Emaús”, à força de oração e de todo o nosso apoio, vai, sim, prosseguir na caminhada do amor generoso.

 

Dom Paulo M. Roxo, Opraem

Bispo emérito de Mogi das Cruzes

Se você deseja aprofundar o caminho de discernimento no carisma da Comunidade de Vida e Aliança Emaús, preencha o formulário abaixo para entrarmos em contato com você:

Associação Emaús - Casa de Guadalupe

CNPJ 07.686.471/0001-44

Estrada Furuyama, 2974, Rio Abaixo - Suzano - SP

(11) 4743-7590